Uniforme - Agora é lei!
16/03/2017
Profissionalismo, organização, asseio, segurança, confiança. Muitas são as mensagens que uma equipe uniformizada passa para clientes e fornecedores e que justificam o investimento no uniforme, que pode ser aliado de um trabalho de fortalecimento de marca e se tornar diferencial no atendimento. Mais do que isso, a opção pelo uso do uniforme evita problemas causados pela atual perda de referência no que se refere ao modo de se vestir no ambiente corporativo, evitando comentários sobre o estilo adotado por determinado colega e eliminando problemas causados pela roupa mais decotada ou curta de uma funcionária.

O uso do uniforme no local de trabalho é obrigatório e o empregado não pode se recusar a usar e o descumprimento pode levar à demissão por justa causa. No entanto, o custo deve ser totalmente assumido pela empresa, embora o colaborador seja responsável pela reposição da peça no caso de perda ou dano.

Se você é empresário e ainda não uniformizou sua empresa segue algumas dicas que poderão te ajudar:

Tecidos - A dica é escolher tecidos que não amassem, sejam mais difíceis de sujar e que possam ser lavados seguidas vezes sem perder suas características. O mais utilizado é o tipo Oxford, atraente pelo baixo custo, mas que costuma ter aspecto de roupa de qualidade inferior. Se puder, procure um meio termo, que seria o Two Way, um tipo de Oxford com elastano ou ainda a chamada Lã Fria.

Cores - Mesmo uma empresa cuja identidade visual tenha cores fortes, o melhor é escolher cores escuras, que passam respeito e profissionalismo, com padrão simples, sem estampas, só com o logo da empresa em base neutra.

Estilo - Se o negócio da empresa pedir um clima mais informal pode-se inovar e trocar os usuais terninhos por um jaleco, sobretudo ou mesmo um avental.

Calçados - Os sapatos devem ser sempre fechados. Isso garante boa aparência independente do estado em que se encontrem pés e unhas de quem os utilizará. Em ambientes mais informais são aceitas sapatilhas ou tênis básicos, mas nunca as chamadas rasteirinhas, que deixam todo o pé à mostra. Se a opção for por salto para as mulheres, estes devem ser de altura média e mais grossa, podendo ser combinados com o uso de meia calça. Em roupas de tons claros, como gelo, o sapato pode ser cinza; no caso de tecido cinza, caem bem sapatos da cor pinhão; no caso de peças preta ou azul marinho, o ideal é usar sapatos pretos.

Quantidade - Duas unidades de cada peça são suficientes para o dia a dia, pois uma pode ser usada enquanto a outra está sendo lavada. No caso de peças brancas, recomenda-se fornecer três unidades.

Frio - Uma boa solução para dias frios é o uso de cardigã por baixo da blusa a ser usada no terno. Homens podem usar coletes.

clauders_20130611222539.jpg
Veja também:
Copyright © 2007-2021 - IN FRANCA - Todos os direitos reservados